Terça, 14 Agosto 2018

O que aprendi nos livros

O que aprendi nos livros

Uma vez recebi um cartão escrito “um livro aberto é um amigo que fala; fechado, um amigo que espera...”, citação com a qual eu concordo, pois, além dos estímulos provenientes das histórias, descobertas, surpresas, há um efeito benéfico para nossa saúde, no que se refere à parte neuronal. É tanto o que aprendi nos livros que fica difícil resumir em poucas palavras.

Há livros que, pelo conteúdo, aprendemos muito de cada parágrafo, de cada trecho. Não nos cansamos de ler e reler, os conservamos como parte de nossa vida, os acariciamos quando lemos. Outros livros são mais ilustrativos, lemos de relance, como num sobrevoo na história, no tempo, na vida dos personagens, para chegar ao final com algum aprendizado. Fica sempre uma frase, uma lembrança, uma lição de cada leitura.

Comprei um livro barato, com nome esquisito, cuja história era confusa. Apesar disso, extraí algo bom desse livro: o personagem, quando passeava com a filha pequena, segurava suas mãozinhas, pensando que não teria mais essa sensação quando a filha crescesse. Muitas vezes, ao segurar as mãos da minha filha pequena, recordei essa passagem do livro e pude aproveitar melhor o momento. Em outro livro que não tinha nada de real, li que a águia, quando voa, descreve no céu uma espiral, informação que eu desconhecia, apesar de saber da acuidade visual desse magnífico pássaro.

RAUMSOL, criador da Logosofia, nos ensina em seu livro Deficiências e Propensões do Ser Humano, pág. 87:

“As imagens gravadas na retina mental com a participação da consciência raras vezes são esquecidas. Existem na vida humana passagens, fatos, condutas, fragmentos de existência, que tiveram a virtude de conceder-nos instantes de felicidade, alegria, paz ou ventura. Esquecê-los é enterrá-los no passado, como coisa morta... Quando buscadas, convertem-se em estímulos poderosos; são como porções de vida fresca que, ao palpitarem em nós, reverdecem o ânimo e nos impulsionam para diante.”

A questão é, quanto mais consciência, mais permanência podemos dar ao que vivemos. Caso contrário, esquecemos em seguida. Lembre-se disso!

Venha conhecer Logosofia e aprender sobre a leitura consciente em nossos cursos. Rua Luís Góis, 390 - Santa Cruz, todas as quartas às 20h e sábados às 19h. Tel. 5581-9907 - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. - www.logosofia.net.br

Artigo publicado pelo Jornal do Cambuci & Aclimação em 13.05.2016

Fundação Escola de Logosofia / Escola Nova Ciência - Método Logosófico (do Berçário ao Fundamental)

Rua Luis Góis, 390, Saúde, São Paulo-SP, fone: (11) 5581 9907  contato@logosofia.net.br