Quinta, 22 Fevereiro 2018

Menos indiferença, mais alegria

Menos indiferença, mais alegria

É comum nos dias atuais, numa cidade como a nossa, com muitos compromissos sendo cumpridos com muita dificuldade de locomoção, que quase tudo se faça com pressa e ansiedade. Todos já devem ter observado como encadeamos em nossa mente uma série de tarefas que iremos cumprir com horários determinados e, se algo nos impede ou atrapalha, nosso estado interno imediatamente se altera e passamos a reclamar de tudo e tratar os demais com indiferença. Porém, quem estuda Logosofia, aprende, nas palavras de seu autor RAUMSOL que:

“Quando o homem começa a experimentar a realidade do viver consciente, quando sua mente se exercita em um trabalho de superação constante, percebe que os seres e as coisas adquirem outros aspectos, e que já não lhe são, por certo, indiferentes.” (Introdução ao Conhecimento Logosófico, pág. 467)

Numa oportunidade, este aspecto da vida se delineou com clareza ao meu entendimento. Devia cumprir um dever doméstico e adquirir um equipamento novo para meu lar. Tinha apenas alguns minutos entre meus vários compromissos do dia e já tinha tudo calculado. A situação se complicou quando na loja precisei da ajuda de um funcionário e não havia ninguém para me atender. Imaginam, caros leitores, como ficou meu estado interno?

Em seguida, me acalmei ao recordar as palavras orientadoras que transcrevi acima. Afinal, as pessoas que ali trabalhavam também tinham uma vida atribulada e não mereciam um momento de antipatia e reclamações. Decidi atuar de uma forma inusitada. Encontrei uma funcionária e lhe disse: “Senhora, estou me sentindo muito sozinho...”. Imaginem seu espanto. Depois, ao ver o sorriso em meu rosto, sorriu também, compreendeu a situação, providenciou atendimento imediato e tudo se resolveu. Duas funcionárias me acompanharam até o veículo, conversamos alegremente mais um pouco e em seguida parti. Até hoje guardo suas fisionomias como uma recordação do que poderia ter sido um mau momento que se transformou numa grata e instrutiva experiência.

 Artigo publicado pelo Jornal do Cambuci & Aclimação em 05.02.2016

Fundação Escola de Logosofia / Escola Nova Ciência - Método Logosófico (do Berçário ao Fundamental)

Rua Luis Góis, 390, Saúde, São Paulo-SP, fone: (11) 5581 9907  contato@logosofia.net.br