Somos todos iguais? O que você acha? Não se trata de igualdade de direitos, mas sim de igualdade na constituição humana.

Ao nascermos, somos todos iguais na condição de humano, sem distinção de raça e cor; uma obra do Criador.

Já pensaram como o mundo seria se todos falassem a mesma língua? O que aprenderíamos se todos agissem da mesma maneira? Faríamos tudo do mesmo jeito, sem que a individualidade de cada um se manifestasse.

Você já se sentiu como se fosse só mais um na multidão? Ou como se estivesse atuando no automático, igual a todo mundo?

Por que isso ocorre? Porque não se aprendeu a pensar por si próprio e a conhecer os pensamentos, os agentes causais da vida.

A Logosofia é uma nova cultura e ciência da própria vida. Com ela, aprendi que os pensamentos positivos e úteis me ajudam a resolver meus problemas, os negativos, ao contrário, atrapalham na realização do bem. Um típico pensamento negativo é o de não aceitar as diferenças, querer que todos sejam iguais a mim ou que pensem ou atuem do meu jeito.

“Os seres humanos são diferentes uns dos outros em cultura, em educação, em idade, em juízo e em tudo; mas a Logosofia os une pelo vínculo do respeito, da tolerância inteligente, da paciência ativa e do conhecimento”.

RAUMSOL, o criador da Logosofia, publicou esse original ensinamento em seu livro Introdução ao Conhecimento Logosófico, pág. 379.

O meu anelo é que todos os interessados possam conhecer a Pedagogia Logosófica, pois como ensina o autor da Logosofia no livro Conferências, Tomo IV, pág. 92: 

“A pedagogia logosófica é a pedagogia do bem dizer, do bem pensar, é a pedagogia da felicidade porque ao mesmo tempo em que ensina, faz feliz.”Caso queira conhecer mais sobre Logosofia entre em contato pelo e-mail contato@logosofia.net.br ou inscreva-se para nossas palestras on-line, que acontecem periodicamente nas quartas-feiras às 19h ou, se preferir, acesse o site www.logosofia.net.br.