“Quando a investigação se detém nas fronteiras do mundo transcendente é porque o saber comum é insuficiente para penetrar nele.

A ciência deve elevar suas miras acima de sua rigidez consuetudinária para entroncar nas grandes concepções da Sabedoria Universal.”

(Carlos Bernardo González Pecotche – Raumsol – extraído da contra-capa do livro O Espírito)